marédematos
nuvem azul
nuvem vermelha
você deve

 

você deve
antecipar-se à queda d´agua
deve
resolver os problemas do corpo
levitar-te
você deve emancipar-se
manobrar a ira dos trovões
hastear a bandeira da conquista
do sensível diante da razão
não dever nada